Campeonato Brasileiro: Fluminense empata em 1 a 1 com o Atlético-PR.

O resultado mantteve Atlético-PR no G-6 do Brasileirão.  Na estreia de Marcão, o Fluminense alcança sete rodadas sem vitória. (Nelson Perez/ Fluminense FC/Divulgação)
O resultado mantteve Atlético-PR no G-6 do Brasileirão. Na estreia de Marcão, o Fluminense alcança sete rodadas sem vitória. (Nelson Perez/ Fluminense FC/Divulgação)

O Fluminense saiu na frente do placar, mas acabou ficando no empate diante do Atlético-PR nesta terça-feira (15), no Maracanã, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia Cícero marcou o gol tricolor na primeira etapa, mas Hernani, de pênalti, deixou tudo igual. O Flu até teve a oportunidade de vencer aos 46 minutos do segundo tempo, mas o goleiro Santos defendeu penalidade cobrada por Gustavo Scarpa;

Com o resultado, o Fluminense é oitavo na classificação do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos. O Atlético-PR, em sexto, com 52 pontos, segurou um importante rival. Os dois times voltam a campo, domingo, às 17h (de Brasília). O Flu vai a Campinas encarar a Ponte Preta. Em Curitiba, o Atlético-PR recebe o Sport.

Com o apoio da torcida, que lotou e fez do Maracanã um caldeirão, o Fluminense partiu para cima desde o início. Com a tática de preencher o meio e dominar o terreno do jogo, o Tricolor tinha mais posse de bola, mas esbarrava na boa marcação da equipe paranaense, que assustava nos contra-ataques.

A primeira grande oportunidade do Flu no jogo aconteceu aos 19 minutos, quando Edson puxou contra-ataque e bateu de longe para boa defesa do goleiro Santos. Aos 28, o Maracanã explodiu em três cores. Wellington Silva avançou e tocou para Gustavo Scarpa. O camisa 10 caprichou e levantou na cabeça de Cícero, que desviou no cantinho para abrir o placar: 1 a 0 Fluzão.

Veio o segundo tempo e o panorama da partida se manteve. Mas com o Atlético-PR buscando mais o ataque, enquanto o Fluminense tentava ampliar o marcador. Criou chances com Gustavo Scarpa de fora da área e algumas bolas cruzadas, mas foi a equipe paranaense que acabou marcando. William Matheus derrubou Lucas Fernandes dentro da área. Pênalti que Hernani bateu e converteu para igualar o placar.

O técnico Marcão então lançou o time ao ataque com Richarlison e Osvaldo nos lugares de Marquinho e Edson, respectivamente. O jogo ficou franco, com chance de vitória para os dois lados. Até que aos 45 minutos Osvaldo tocou para Richarlison dentro da área e o camisa 70 foi derrubado. O juiz marcou pênalti para o Fluminense. Gustavo Scarpa foi para a bola, mas o goleiro Santos fez a defesa e deu números finais ao jogo.

FLUMINENSE 1 X 1 ATLÉTICO-PR

Fluminense: Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Edson (Osvaldo), Marquinho (Richarlison), Gustavo Scarpa, Wellington e Cícero (Douglas)
Técnico: Marcão.

Atlético-PR: Santos; Léo (Rafael Galhardo), Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio e Hernani; Lucas Fernandes (Marcos Guilherme), Lucho González (Nikão) e Pablo; André Lima
Técnico: Paulo Autuori.

Data e horário: 15/11/2016, às 17h (horário de Brasília)
Local: Maracanã, em Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Gols: Cícero, aos 26’/1ºT (1-0); Hernani, aos 16’/2ªT (1-1)
Cartões amarelos: Wellington Silva, Pierre e Wellington (FLU); Paulo André, Nicolas e Otávio (CAP)
Público/renda: 43.691 presentes (39.877 pagantes) / R$ 655.290,00

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. José Carlos

    Amigo POR favor…nâo se esponha AO mico …tâo caindo de pauem VC…time ten que ter matador….O presidents é traira .ainda bem , que vai embora ….por Deus , nâo ten nada melhor que esses laterais , zagueiros e Pierres nâo?…levi era topera …

Comentários estão suspensos