Jornada de Dança celebra 8ª edição em espaços culturais do Estado

A jornada  vai promover também o IV Fórum de Educadores de Dança (Foto: Tiago Lima/Secult)
A jornada vai promover também o IV Fórum de Educadores de Dança (Foto: Tiago Lima/Secult)

A Jornada de Dança da Bahia celebra, em 2016, a oitava edição de sua história. Explorando o tema ‘A mesma dança não pode pertencer a duas pessoas’, o evento, realizado pela Escola Contemporânea de Dança, sob a coordenação da dançarina Fátima Suarez, acontece deste domingo (12) ao próximo dia 17 em espaços culturais administrados pelo Governo do Estado, como o Xisto Bahia (no bairro dos Barris), Palacete das Artes (Graça) e Teatro Castro Alves, no Campo Grande.

Convidados baianos, de outros estados e países compõem uma programação, quase toda gratuita, de espetáculos, atividades formativas e interação para artistas, professores, estudantes, crianças e todos os públicos da dança da Bahia. Grandes nomes do campo estão confirmados, como as norte-americanas Lori Belilove, dançarina e diretora artística da Isadora Duncan Dance Foundation, e Holly Cavrell, doutora em Artes pela Unicamp, residente no Brasil desde 1989 e fundadora da premiada Cia. Domínio Público.

A jornada ainda vai promover o IV Fórum de Educadores de Dança, com o objetivo específico de oferecer reciclagem a professores de dança. Os 60 profissionais de diversas origens, selecionados em inscrições públicas e por meio de variadas audições, participam da ação, que é integralmente gratuita e se volta à reflexão e ao desenvolvimento do ensino da dança, em todo seu potencial transformador, na Bahia e no Brasil. Mais informações e a programação completa veja no site da Secult.

Notícias Relacionadas