Hipnose pode fazer parte do tratamento de fobias

De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM), da Associação Americana de Psiquiatria, as fobias (um dos principais transtornos de ansiedade) atingem até 11% da população mundial. Tendência no Brasil, a hipnose, associada a outras técnicas de tratamento, tem sido muito utilizada no combate a esse transtorno que pode causar sérios danos à saúde a médio e longo prazo.

Cirurgião dentista e hipnoterapeuta Diego Wildberger.
Cirurgião dentista e hipnoterapeuta Diego Wildberger.

“Nervosismo intenso, taquicardia, sudorese, angústia, choro, podendo chegar a passar mal em até 75% dos casos, são os principais sintomas dos pacientes fóbicos. Fobias específicas como medo de agulha, sangue, anestesia, síndrome do jaleco branco, entre outros, podem fazer com que esses pacientes adiem ao máximo qualquer tratamento médico/odontológico porque uma das suas características mais comuns é de evitar o objeto ou situação fóbica”, explica a dentista, psicóloga e hipnoterapeuta Dra. Daniela Franzen.

As pessoas que sofrem de transtornos de ansiedade (as fobias estão inclusas nessa categoria) ou que tenham algum tipo de medo, podem apresentar um aumento dos hormônios adrenalina, noradrenalina e cortisol, fazendo com que seja ativado no corpo um sistema instintivo de luta e fuga que com o passar do tempo pode levar à depressão por exemplo devido à uma baixa também da serotonina, um outro hormônio. Além disso, pode reduzir o número das células de defesa do organismo podendo ocasionar doenças virais como gripe, herpes, pneumonias, dificuldade em cicatrizações, doenças auto-imunes, entre outras.

“Quando utilizamos técnicas eficazes de coêrencia cardíaca, meditação e hipnose para controlar os medos, ansiedade e fobias do paciente, ajudamos a colocar o seu organismo em um estado de hemostasia/equilíbrio fazendo com que naturalmente aumente a quantidade de serotonina, dopamina e ocitocina, que são hormônios naturais do bem-estar e que desligam o sistema de luta e fuga, aumentando a eficácia do sistema imunológico do paciente”, afirma o cirurgião dentista e hipnoterapeuta Diego Wildberger.

Curso em Salvador – Médicos, psicólogos, terapeutas, dentistas e fisioterapeutas interessados em aplicar o método em seus pacientes poderão participar do curso “Hipnose e Técnicas de tratamento para pacientes ansiosos e fóbicos”, que será ministrado na capital baiana pela Dra. Daniela Franzen. O evento, que é destinado também a qualquer pessoa interessada em adquirir conhecimentos na área, é promovido pela Arcada Institute e acontecerá nos dias 10 e 11 de dezembro, no auditório do Salvador Shopping Business.

Notícias Relacionadas

1 Comentário

Comentários estão suspensos