Programa Morar Melhor vai beneficiar 300 famílias do Calabetão

O programa de reforma habitacional da Prefeitura foi lançado em 2015 e já beneficiou quase 20 mil famílias.
O programa de reforma habitacional da Prefeitura foi lançado em 2015 e já beneficiou quase 20 mil famílias.

O prefeito ACM Neto assina, nesta quinta-feira (3), às 18h30, ordem de serviço para o início das obras do programa Morar Melhor no bairro do Calabetão (Largo da Guiné, depois do final de linha). O programa é coordenado pela Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), e as intervenções ficam a cargo da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop).

A iniciativa beneficiará cerca de 300 famílias da região, e o custo total dos reparos pode chegar até R$ 5 mil por residência. Dentre as melhorias oferecidas à população estão pintura, reboco e revestimento de parede, recuperação ou troca do telhado, troca de esquadrias e instalações sanitárias.

Os próprios moradores escolhem as intervenções que desejam para o imóvel. Como critérios de seleção para garantir o acesso ao Morar Melhor é preciso ser detentor de renda per capita menor que R$ 70, baseada na concentração de pessoas na casa, ser mulher e chefe de família, além de famílias com maior número de idosos.

Residências instaladas em áreas de risco não podem ser contempladas pelo programa. O programa de reforma habitacional foi lançado em 2015 e já beneficiou quase 20 mil famílias em aproximadamente 50 bairros de Salvador. O Morar Melhor tem como objetivo reformar residências em situação precária em áreas pré-selecionadas de Salvador, de acordo com dados do Censo IBGE 2010.

Notícias Relacionadas