Palmeiras só empata com a Ponte Preta mas mantém liderança do Brasileiro

Ainda líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras empatou por 2 a 2 com a Ponte Preta neste domingo, 21, dentro da Arena Palmeiras, em São Paulo. Com gols de Rafael Marques, Thiago Martins, Wellington Paulista e William Pottker nesta 21a rodada, o elenco de Cuca garantiu a ponta, com 40 pontos, mas agora volta a sofrer com a pressão dos adversários. Já os campineiros chegaram aos 31 pontos, cada vez mais próximo do G4 – o Santos, que tem 36, ainda joga com o Coritiba no Couto Pereira.

O Palmeiras manteve a ponta do Brasileirão, com 40 pontos. (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação).
O Palmeiras manteve a ponta do Brasileirão, com 40 pontos. (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação).

Ainda sem Gabriel Jesus, campeão olímpico com a Seleção Brasileira no último sábado, o Palmeiras começou o jogo pressionando o adversário. Procurando principalmente as laterais do gramado, o time da casa conseguiu inaugurar o placar aos 15 minutos de bola rolando, com Rafael Marques. Em uma falha de marcação de Nino Paraíba, a bola de Róger Guedes cruzou toda a grande área e caiu nos pés do companheiro atacante no segundo pau, apenas para completar.

Com mais posse de bola, os comandados de Cuca não davam espaço à Ponte Preta, que passou a recuar a marcação em busca de um lance de contra-ataque para deixar tudo igual. Com Wellington Paulista centralizado, Clayson e William Pottker eram as opções ofensivas, já que Eduardo Baptista entrou sem nenhum jogador de criação – João Vitor, Wendel e Maycon são volantes e complementam a marcação com Fábio Ferreira e Douglas Grolli.

Mesmo com um volume de jogo maior que o adversário, o Palmeiras não conseguia acertar a última bola para ampliar a vantagem. Do outro lado, a Ponte pecava muito nas trocas de passe, o que manteve o placar em vantagem para o time da casa. Com o apito final do árbitro no primeiro tempo, Rafael Marques deixou o gramado ciente de que a vitória parcial não era o suficiente para frear o ímpeto dos campineiros.

Para a segunda etapa a Ponte Preta conseguiu igualar o placar logo aos seis minutos de jogo. William Pottker divide com Vitor Hugo na grande área e, no meio de um bate e rebate, ela caiu nos pés de Wendel, que serviu Wellington Paulista na pequena área, apenas para tirar do goleiro Jaílson. Com o empate o Palmeiras se soltou ainda mais para o campo ofensivo em busca da vitória, mas não conseguia vencer Aranha.

Até que aos 24 minutos o goleiro campineiro falhou em uma bola área e deu a oportunidade de Thiago Martins colocar o Palmeiras novamente na frente. Em cobrança de falta, Jean alça em direção ao gol, mas Aranha deixou a meta, espalmou para o meio da área e ela caiu na cabeça do zagueiro palmeirense, que só completou para o fundo das redes. Três minutos depois, William Pottker recebeu na frente, colocou velocidade, saiu frente a frente com Jaílson e deixou tudo igual mais uma vez.

No próximo sábado, às 16 horas, é a vez da Ponte Preta jogar diante do seu torcedor, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O adversário será o Corinthians, que vem em crise no G4 do Campeonato Brasileiro. Também pela 22ª rodada, o Palmeiras vai até Brasília enfrentar o Fluminense no estádio Mané Garrincha, às 16 horas do próximo domingo.

Notícias Relacionadas