Santos goleia time misto de São Paulo, sobe na tabela e chega ao G-4.

O São Paulo sofreu com um time sem sete titulares e acabou perdendo por 3 a 0.
O São Paulo sofreu com um time sem sete titulares e acabou perdendo por 3 a 0.

Jogando no Pacaembu, o Santos não teve dificuldade para bater o São Paulo por 2 a 0 e assumir a terceira posição nesta 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de Vitor Bueno, Rodrigão e Lucas Lima, o time de Dorival Júnior chegou aos 19 pontos na tarde deste domingo, 26, e entrou de vez na briga pelo G4, em 3º lugar. Do outro lado, o clube do Morumbi se mantém com 15, nas nona posição.

A bola mal rolou no Pacaembu e o Santos já estava a frente no placar. Aos cinquenta segundos, o São Paulo perdeu a bola no meio campo, Gabriel recebeu na direita e cruzou bonito no segundo pau, nas costas de toda a defesa adversária. Thiago Maia apareceu bem e pegou de primeira. O goleiro Dênis não conseguiu segurar e ela caiu nos pés de Vitor Bueno, sozinho, que abriu o marcador.

Com a proposta de jogar no contra-ataque, o Santos se fechou no campo ofensivo e esperou o São Paulo tomar a iniciativa atrás do empate. Com algumas peças novas em campo e Ganso no banco de reservas, o time do Morumbi teve dificuldade para se organizar e pecou principalmente nos passes errados, sem conseguir acertar nenhuma triangulação.

Thiago Maia jogava com mais liberdade e Lucas Lima transitava por todo o gramado atrás da bola. Em lance anulado pela arbitragem, o time santista até balançou as redes aos 36 minutos com Gabriel, mas ela só valeu mesmo aos 38. Em mais um cochilo da defesa adversária, Victor Ferraz recebeu na direita, chegou na linha de fundo e cruzou para Rodrigão no segundo pau, que se adiantou da marcação e escorou para o fundo das redes.

Para o segundo tempo os dois times voltaram mais organizados no meio campo. O São Paulo acertou a marcação com Hudson e Carlinhos, mas ainda assim não conseguia chegar com qualidade no campo ofensivo. A principal aposta do time de Edgardo Bauza eram nas bolas alçadas na grande área, tentando confundir a zaga do Santos.

Até que aos 44 minutos do segundo tempo, Gabriel tentou uma jogada individual na entrada da grande área e sofreu uma falta de Lugano. Na cobrança Lucas Lima acertou uma linda finalização por cima da barreira e deu números finais para o clássico. Reclamando muito do lance, Lugano acabou expulso pelo segundo amarelo já no apagar das luzes no Pacaembu.

O Santos já volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h30, para enfrentar o Grêmio em Porto Alegre. O jogo na Arena do Grêmio é valido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro e será mais um confronto direto pelo G4. No mesmo dia o São Paulo recebe o Fluminense no Morumbi, às 21h45.

Notícias Relacionadas