Vitória perde para o São Paulo e deficiências do time ficam evidentes

Com a derrota, o  Vitória, com nove pontos, está em zona intermediária, mas próximo à zona de rebaixamento. (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net/Divulgação)
Com a derrota, o Vitória, com nove pontos, está em zona intermediária, mas próximo à zona de rebaixamento. (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net/Divulgação)

Até quando foi possível, o Vitória encarou de igual para igual o São Paulo, na noite desta quarta-feira (15), no Morumbi. Mas quando o técnico Mancini precisou mudar, o time caiu e mostrou as velhas deficiências, já que o elenco carece de qualidade no banco de reservas. E foi assim que o São Paulo ganhou o jogo por 2 a 0, com dois gols no segundo tempo. No primeiro, o Vitória criou algumas boas oportunidades para abrir o marcador, com Kieza e Marinho.

Calleri fez o primeiro gol do tricolor paulista, em lance de oportunismo, e Lugano complementou o placar após uma cobrança de escanteio de Ganso. Com o resultado, O São Paulo foi a 13 pontos, o São Paulo volta a se aproximar do G-4. O Vitória, com nove, está em zona intermediária, mas próximo à zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o São Paulo encara o Flamengo, no domingo, às 16h, no Mané Garrincha, em Brasília. O Vitória joga mais cedo, às 11h, contra a Chapecoense, no Barradão, em Salvador.

Confira os gols:

O Jogo – O Vitória começou o jogo em cima e sofreu para segurar o empate nos primeiros 45 minutos diante do Vitória. Denis não demorou para virar um dos destaques. O goleiro pegou logo de cara uma boa cabeçada de Kieza. Na sequência, contou com a sorte, ao ver nova tentativa do atacante sair pela linha de fundo.

O jogo caiu de produção com o decorrer do tempo e foi acompanhado pela iluminação do estádio do Morumbi, que sofreu um apagão de cerca de 30 minutos. Quando a luiz voltou, o São Paulo subiu ao ataque e teve um gol anulado. Calleri completou, após cobrança de falta, mas estava em posição irregular.

O Vitória também poderia ter saído com a vitória parcial no final. Marinho avançou em velocidade, invadiu a área e chutou cruzado, para fora. O 0 a 0 só deu mais enfâse ao primeiro tempo ruim das duas equipes.

O segundo tempo continuou muito equilibrado. A melhor chance do São Paulo foi apenas aos 20 minutos, quando Ganso, que entrou no decorrer do jogo, foi lançado e ajeitou de cabeça para Ytalo. O atacante, de frente para o gol, chutou em cima de Fernando Miguel, que salvou o Vitória de levar o primeiro.

Na segunda tentativa, porém, o São Paulo enfim abriu o marcador. Aos 30 minutos, Calleri recebeu de Matheus Reis, e só desviou para o fundo das redes. Aos 41, foi a vez de Lugano deixar o seu. Após cobrança de escanteio, o zagueiro se esticou todo para tocar para o gol.

Na próxima rodada, o Vitória enfrenta a Chapecoense no domingo, às 11h, no Estádio Barradão, em Salvador. No mesmo dia, às 16h, o São Paulo vai até Brasília para desafiar o Flamengo no Mané Garrincha.

Notícias Relacionadas