Palmeiras vence Grêmio em jogo eletrizante e encosta no G-4

Em jogo com duas viradas e emoção até o final, o Palmeiras bateu o Grêmio por 4 a 3 (Foto: Agência Palmeiras/Divulgação)
Em jogo com duas viradas e emoção até o final, o Palmeiras bateu o Grêmio por 4 a 3 (Foto: Agência Palmeiras/Divulgação)
Agência FPF

Agência FPF

Em jogo de duas viradas, o Palmeiras lavou a alma da derrota para o São Paulo por 1 a 0, ao derrotar o Grêmio pelo placar de 4 a 3 na noite desta quinta-feira, no Estádio do Pacaembu, pela quinta rodada do Brasileirão, continuando assim com 100% de aproveitamento como mandante e encostando novamente no G4.

Com o resultado, o Palmeiras subiu para a quinta colocação com nove pontos, um a menos do que o Flamengo, quarto, Grêmio, terceiro, e Corinthians, vice-líder, todos com dez pontos. O Internacional soma 13.

Cuca colocou um Palmeiras em campo com duas novidades. Moisés apareceu como camisa 10, enquanto Thiago Santos substituiu Thiago Martins, criticado na derrota diante do São Paulo, no sistema defensivo. A equipe absorveu bem os treinamentos e precisou de apenas um minuto para abrir o placar. Como um verdadeiro armador, Dudu colocou a bola entre os zagueiros adversários. Gabriel Jesus saiu de cara para Bruno e chutou firme para marcar, o primeiro sofrido pelo clube gaúcho no Brasileirão.

O Grêmio não se intimidou e tomou o domínio do jogo do Palmeiras. A equipe gaúcho apostou num ataque rápido com Luan, Everton e Giuliano, deixando a defesa adversária perdida em algumas situações. O primeiro por pouco não empatou aos 14 minutos ao tocar na saída de Fernando Prass. A bola passou rente à trave.

O jogo continuou aberto e o Palmeiras voltou a pressionar. Gabriel Jesus chutou na mão de Bruno Grassi. O goleiro ainda defendeu mais uma após tentativa de Moisés. Aos 49 minutos, porém, o Grêmio chegou ao empate. Após levantamento na área paulista, Geromel desviou de cabeça e mandou no travessão. Na sobra, Bressan chutou. A bola ainda desviou em Giuliano antes de parar no fundo das redes.

Melhores momentos e gols de Palmeiras 4 x 3 Grêmio

O segundo tempo começou quente. O Grêmio foi para o ataque e virou aos nove minutos. Edílson passou como quis e deu passe preciso para Giuliano. O camisa 8 só empurrou para o gol. Mas não deu nem tempo de comemorar. Aos 11, Gabriel Jesus disputou a bola, dentro da área, com o zagueiro. Roger Guedes ficou com a sobra e, de costas, mandou de cobertura em Bruno Grassi, 2 a 2.

O gol incendiou o Palmeiras, que foi para blitz. Dudu deixou Gabriel Jesus novamente na cara do gol, mas desta vez Bruno Grassi salvou. Depois foi a vez de Roger Guedes, após boa triangulação, tentar a virada, mas mandou para fora. Aos 27 minutos, não teve jeito. Após cobrança de escanteio, Vitor Hugo apareceu para fazer o terceiro. É o 11º com a camisa da equipe paulista, entrando no top 10 na lista dos zagueiros que mais balançaram as redes.

Dudu, que já havia dado assistências nos gols de Jesus e Vitor Hugo, colocou mais uma bola na cabeça de Thiago Santos, que desviou para fazer o quarto do Palmeiras, aos 38 minutos. O Grêmio não desistiu e ainda fez o terceiro com Edílson, num belo chute de fora da área, tento que não evitou a derrota da equipe gaúcha no Pacaembu.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta a Ponte Preta no domingo, às 16h, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. No mesmo dia e horário, o Palmeiras visita o Flamengo no Mané Garrincha, em Brasília.

Notícias Relacionadas