Walter Pinheiro faz despedida do Senado para assumir Secretaria de Educação

Walter Pinheiro ressaltou que espera cumprir a missão na Secretaria de Educação da Bahia
Walter Pinheiro ressaltou que espera cumprir a missão na Secretaria de Educação da Bahia

Agência Senado

O senador Walter Pinheiro (sem partido/BA) anunciou em Plenário nesta quarta-feira (1º) que está se afastando do Senado Federal para assumir a Secretaria de Educação da Bahia. Ele afirmou que, mesmo não tendo o perfil esperado para a área, aceitou o desafio porque o governador Rui Costa lhe explicou que o problema a ser enfrentado na pasta é de gestão.

— A contribuição que eu posso dar, neste momento, a partir, inclusive, da experiência que acumulei aqui, no Congresso Nacional, creio que ajudará sobremaneira o governador Rui Costa e espero levar para lá toda essa experiência e contribuir decisivamente para que o governo possa, nessa parte, na parte da educação, apresentar uma contribuição decisiva para a transformação da sociedade — disse.

Walter Pinheiro ressaltou que espera cumprir a missão na Secretaria de Educação da Bahia e voltar ao Congresso Nacional para concluir o mandato de senador. Ele acredita que esse tempo será suficiente para decidir se disputará as eleições de 2018 ou se retornará à sua área de atuação profissional, a tecnologia da informação. Enquanto estiver no governo baiano, Walter Pinheiro será substituído por Ricardo Muniz.

Lei do Impeachment – Em uma hora e meia de discurso, Pinheiro ressaltou que, como senador, procurou dar contribuições para o país. Uma delas é a recente proposta de emenda à Constituição (PEC), apresentada por ele, que altera o processo de impeachment, que é de 1950. Em sua avaliação, a atual legislação é “danosa porque está atrasada, defasada e completamente incongruente”.

Uma das mudanças previstas no texto é que, para ser admitido o Senado, o processo de impeachment precisará do voto favorável de dois terços dos membros da Casa. Outra, que o presidente reeleito possa ser processado por irregularidades na gestão anterior.

Ao se despedirem de Walter Pinheiro, 32 senadores do governo e da Oposição elogiaram sua atuação e lhe desejaram êxito na nova missão.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, ressaltou que ele foi um dos que mais contribuíram para que a Casa avançasse na discussão de vários temas, como a reforma política, por exemplo.

– É muito importante que Vossa Excelência, mesmo assumindo a honrosa função de secretário de Educação do Estado da Bahia, possa continuar colaborando com o Senado Federal — afirmou Renan.

Notícias Relacionadas