Bahia decepciona torcedor, empata com o Náutico e é muito vaiado.

O torcedor do Bahia  vaiou demais a equipe ao fim da partida. (Foto: ECBahia/Divulgação)
O torcedor do Bahia vaiou demais a equipe ao fim da partida. (Foto: ECBahia/Divulgação)

O Bahia decepcionou o seu torcedor na noite desta terça-feira (31), na Arena Fonte Nova. Apresentando um futebol fraco, desorganizado e sem criatividade, o tricolor baiano não passou de um empate em 0 a 0 com o Náutico. Foi pura frustração para quem foi à Fonte Nova ou para aqueles que assistiram o jogo pela TV. E resultado não poderia ser outro: a torcida vaiou muito a equipe no final do jogo e houve muito protesto contra o técnico Doriva.

O resultado impediu que as duas equipes entrassem no G-4 da competição da Série B. As duas equipes entram em campo na sexta-feira. Às 19h15, novamente na Fonte Nova, o Bahia receberá o Paysandu. Um pouco mais tarde, às21h30, o Timbu enfrenta, na Arena Pernambuco, o Joinville.

Logo no começo do jogo, o Bahia deu a impressão que teria facilidade para abrir o placar, e fez uma finalização aos 6 minutos, com Edigar Junio. Depois foi a vez de Renato Cajá, em cobrança de falta, botar o goleiro adversário para trabalhar. Aos 27, de fora, Juninho arriscou de longe e o camisa 1 do Náutico salvou. Renato Cajá criou boa oportunidade aos 39, mas acertou a trave.

O Náutico cresceu na segunda etapa e teve chances de marcar, mas repetiu erros de finalização das partidas que havia feito fora de casa e, novamente, não conseguiu ganhar.

Notícias Relacionadas