Valença celebra tocha olímpica com manifestações culturais locais

(Foto: Marcelo Reis/Divulgação)
(Foto: Marcelo Reis/Divulgação)

A emoção da professora Gilcélia Barbosa, que encerrou o percurso da tocha no município de Valença, marcou a passagem, neste domingo (22) da chama naquele município. Após acender a pira da celebração, a professora Gil, como carinhosamente é chamada, declarou, com lágrimas no rosto, seu amor ao município de Valença. “Viva o esporte, viva a educação”, exclamou, sendo ovacionada.

Apresentação de expressões culturais locais, como quadrilhas juninas e o samba de roda do Grupo Arguidá, ajudaram a agitar ainda mais o evento. Antes de Valença, a chama olímpica passou pelos municípios de Itacaré, Camamu, Ituberá e Cairu,

“A participação popular tem sido a marca da passagem da tocha na Bahia. É a prova da força que o esporte tem de mobilizar e emocionar as pessoas” avaliou secretário do Trabalho e Esporte e coordenador do Grupo de Trabalho das Olimpíadas no Estado, Álvaro Gomes.

Tocha Olímpica – Até 05 de agosto, o revezamento da tocha, que anuncia a chegada dos Jogos Olímpicos e dá início à maior celebração esportiva do mundo, irá passar por 328 cidades de todos os estados brasileiros, e no Distrito Federal.

Na Bahia, o percurso da tocha, que teve início no dia 10, em Teixeira de Freitas, termina no município de Paulo Afonso. No total, a chama vai passar por 26 cidades baianas.

Notícias Relacionadas