Justiça condena PT a pagar R$ 3,5 mi por esquema de corrupção

Rui Falcão acha que decisão da Justiça é ''mais uma perseguição ao PT".
Rui Falcão acha que decisão da Justiça é ”mais uma perseguição ao PT”.

O juiz Genilson Rodrigues Carreiro, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Santo André, condenou o PT ao pagamento de R$ 3,5 milhões, de devolução aos cofres públicos, por considerar procedente a denúncia do Ministério Público de que o partido teve participação em um esquema de corrupção e cobrança de propina no sistema de transporte público da cidade durante a gestão do prefeito Celso Daniel, morto em 2002. A decisão se refere a uma ação civil de improbidade administrativa contra o Diretório Nacional do PT. A decisão é em primeira instância e cabe recurso.

A direção nacional do PT disse que considera a condenação injusta e que vai recorrer da decisão. “É uma condenação injusta e nós vamos recorrer dela. É mais uma perseguição ao PT”, afirmou o presidente nacional do PT, Rui Falcão, em uma entrevista coletiva em Brasília após reunião do Diretório Nacional.

O partido também foi condenado ao pagamento de multa equivalente a três vezes o valor do acréscimo patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou de crédito por dez anos.
O Grupo de Atuação Especial Regional de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do MP, sustentou na acusação que Sombra seria o mentor e idealizador da quadrilha, segundo a decisão de Carreiro. (Fonte: G1/SP)

Notícias Relacionadas