Internacional não consegue superar a Chapecoense em Porto Alegre

A Chapecoense freou o Internacional (Foto: Inter/Divulgação)
A Chapecoense freou o Internacional (Foto: Inter/Divulgação)

O Internacional encarou um jogo duro na rodada de estreia no Brasileirão, na noite deste domingo, no Beira-Rio. O time colorado tentou até o último minuto, mas não conseguiu superar a forte retranca armada pela Chapecoese e empatou sem gols. Paulão ainda perdeu um pênalti no segundo tempo. No próximo domingo (22/5), o Inter vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo.

O Inter se impôs desde os primeiros movimentos da partida no campo de ataque, mas teve pela frente um adversário que jogava praticamente com todos os jogadores atrás da linha da bola. Com este panorama, o time de Argel tratou de explorar os avanços pelas laterais. Aos 8min, Artur cruzou com qualidade e Aylon desviou de cabeça, com perigo, para fora. Chance clara de gol!

A Chapecoense tentava ameaçar em esparsos contra-ataques. Aos 15min, Lucas Gomes chutou e Alisson – que fez sua partida de despedida antes de defender a Roma – espalmou para escanteio. Aos 41min, Aylon avançou em velocidade com a bola dominada e fez o passe para Sasha, que chutou cruzado para a defesa do goleiro Danilo.

No segundo tempo, a partida seguiu truncada, com muita disputa pela bola e raras conclusões em gol. A Chapeconse permanecia fincada no seu campo de defesa, forçando os erros do Inter. Aos 18min, Andrigo engatilhou o chute no interior da área e foi acertado por trás por Ananias. Pênalti! Paulão bateu e Ananias defendeu. Ainda houve rebote, com Andrigo chutando para nova defesa do goleiro.

Aos 34min, William Thiego recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O Inter ‘alugou’ o campo de ataque, mas não conseguia a finalização. Somente aos 44min que Sasha chutou da entrada para a defesa de Danilo. Aos 47min, Gustavo Ferrareis arriscou de longe para a defesa tranquila do goleiro.

Ficha técnica:

Internacional: Alisson, William, Paulão, Ernando e Artur (Gustavo Ferrareis, aos 32min do 2º tempo); Fernando Bob, Fabinho, Andrigo (Alisson Farias, aos 37min do 2º tempo) e Sasha; Vitinho e Aylon (Marquinhos, aos 20min do 2º tempo). Técnico: Argel.

Chapecoense:
Danilo; Cláudio Winck, Marcelo, William Thiego e Dener; Josimar, Gil, Cleber Santana e Lucas Gomes (Silvinho); Bruno Rangel (Rafael Lima) e Ananias (Lourency). Técnico: Guto Ferreira.

Cartões amarelos: Vitinho, William, Andrigo (I); William Thiego, Josimar, Cléber Santana, Gil (C). Epulsão: William Thiego (C).

Público total: 12.092 (Pagantes: 10.314; Menores: 327; Não pagantes: 1.451). Renda: R$ 350.215,00.

Arbitragem: Nielson Nogueira Dias (PE), auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Clovis Amaral da Silva (PE)

Notícias Relacionadas