Apresentações culturais marcam aniversário do Centro Juvenil de Senhor do Bonfim

No Centro Juvenil, os estudantes das escolas estaduais podem fazer uma série de atividades (Foto: Sec/Divulgação)
No Centro Juvenil, os estudantes das escolas estaduais podem fazer uma série de atividades (Foto: Sec/Divulgação)

Os estudantes da rede estadual que participam das diversas oficinas e cursos oferecidos pelo Centro Juvenil de Senhor do Bonfim, no centro norte do estado, celebraram os dois anos de implantação do espaço. O evento foi aberto à comunidade e teve apresentações culturais e exposição dos trabalhos realizados pelos alunos em diferentes abordagens criativas, científicas e tecnológicas.

No Centro Juvenil, os estudantes das escolas estaduais podem fazer uma série de atividades, no turno oposto ao qual estão matriculados, como cursos e oficinas relacionadas à pesquisa, ciência, cultura e tecnologia. Na celebração, que aconteceu na quinta-feira (12), os alunos e o público conferiram apresentações da filarmônica da União dos Ferroviários Bonfinenses, do grupo Juvenil Dance e da banda local Desafinados.

Os alunos do Colégio Estadual Senhor do Bonfim, Wemerson Campelo Silva, 15 anos, Kelen Iris Silva, 14, e Adriele Assis de Andrade, 13, que cursam oficinas no Centro Juvenil, surpreenderam a todos com uma apresentação coreográfica no estilo ‘Flash Mob’. Além disso, também participaram de uma quadrilha junina. Kelen, que faz as oficinas ‘Geometria em ação’ e ‘Esportes não convencionais’, na qual pratica Slackline, considerou um momento de integração. “Foi muito divertido mostrar nossa coreografia no estilo fanfarra, onde fizemos vários movimentos utilizando cabos de vassoura”.

Wemerson disse que gostou “muito de fazer as oficinas porque são estimulantes e nos ajudam com os estudos do colégio. Geometria em Ação é a terceira que eu faço e estou aprendendo muito sobre formas geometrias e cálculos de polígonos”. Adriele sempre quis aprender um novo idioma e viu na oficina de Espanhol uma boa oportunidade. “As aulas são bem explicativas e interativas com músicas, vídeos e conversação para aprendermos as pronuncias das palavras”.

Notícias Relacionadas