Empreiteira acusa Romero Jucá de receber R$ 1 milhão em propina

Planos de Temer para Jucá ficam mais difíceis (Foto: Pedro França/Agência Senado)
Planos de Temer para Jucá ficam mais difíceis (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Os planos de Michel Temer para Romero Jucá no seu eventual governo deverão ficar mais difíceis. No acordo de leniência da empreiteira Andrade Gutierrez na Lava Jato, especialmente no capítulo sobre a Usina de Belo Monte, há informações sobre pagamento de propina ao senador do PMDB.

Segundo a delação, o também senador Edison Lobão falou em nome de Jucá para receber R$ 1 milhão da empreiteira. Um inquérito da Lava Jato sobre Jucá deverá ser aberto em breve.

Procurado, Jucá afirma que os recursos da Andrade Gutierrez recebidos foram destinados a campanhas políticas do PMDB em Roraima e que fazem parte da prestação de contas, aprovadas pela Justiça.

Notícias Relacionadas