Secretaria e lideranças do Movimento Indígena da Bahia definem encontro estadual

Caciques das etnias Pataxó e Pataxó Hahahãe estiveram com o secretário Geraldo Reis para confirmar participação e sinalizar pautas para o encontro
Caciques das etnias Pataxó e Pataxó Hahahãe estiveram com o secretário Geraldo Reis para confirmar participação e sinalizar pautas para o encontro

Nos dias 30 e 31 de maio, vai acontecer o Encontro Estadual de Povos Indígenas da Bahia, com a presença de 150 caciques e lideranças de toda a Bahia. Em reunião com o secretário Geraldo Reis, o Movimento Indígena da Bahia (MIBA) confirmou presença no evento, que vai acontecer em Salvador, sob a organização da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e dos diversos movimentos e federações de etnias indígenas.

Na oportunidade, o secretário ressaltou que vê “de forma muito positiva a unificação dos diversos movimentos em um único evento, demonstrando a unidade e a força para apresentar as demandas de maneira organizada e com hierarquia. Temos pressa em promover uma maior articulação do movimento. Quanto mais o tempo passa, mais o tempo corrói a estrutura social indígena, a cultura e o seu modo de vida”, disse.

As lideranças sinalizaram algumas preocupações que devem ser debatidas durante o encontro, a exemplo da escolha de uma representação de qualidade para assumir a Coordenação Indígena, que atenda a todos de maneira igualitária e sem privilégios. “Precisamos trazer para o encontro as lideranças que representem de fato os interesses coletivos das bases e fiscalizar a distribuição dos investimentos também”, disse o cacique Zeca Pataxó.

Notícias Relacionadas