Hoje em “Velho Chico”: Miguel espanta Tereza ao fazer constatação.

Miguel diz a Tereza que, enquanto heróis são mortos, coronéis ainda vivem entre eles (Foto: TV Globo/Divulgação)
Miguel diz a Tereza que, enquanto heróis são mortos, coronéis ainda vivem entre eles (Foto: TV Globo/Divulgação)

Dirigindo por mais de seis horas para chegar a Grotas do São Francisco, Tereza (Camila Pitanga) decide parar o carro para ‘esticar as pernas’. Miguel (Gabriel Leone) também sai do veículo e percebe que a mãe parou, justamente, próximo ao açude Cocorobó, onde jaz alagada a antiga comunidade de Canudos, fundada por Antônio Conselheiro. Por ali, é possível observar ruínas da velha cidade submersa, e a empresária explica a importância daquele lugar.

Mãe e filho, então, iniciam uma conversa sobre o peregrino, e ela afirma que não há água suficiente que consiga apagar da história o homem que foi Antônio Conselheiro, nem mesmo seus ideias. O filho rebate, ao dizer que foi por causa desses princípios que o líder religioso foi perseguido e morto. Tereza, então, complementa:

“A mando dos coronéis da época… Não é o que se conta, mas é a verdade”. Para seu espanto, o rapaz responde, de certa forma, falando de seu avô, o coronel Afrânio (Antonio Fagundes): “Enquanto os heróis estão sepultados e submersos, os coronéis ainda vivem entre nós!”.

Esta cena de “Velho Chico” prevista para ir ao ar nesta quinta-feira, 28/4!

Notícias Relacionadas