STF impedirá a nomeação de Lula para a Casa Civil, avalia o Planalto.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou posse na Casa Civil dia 17 de março.  No mesmo dia, a posse foi suspensa. (Foto: Agência Brasil)
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou posse na Casa Civil dia 17 de março. No mesmo dia, a posse foi suspensa. (Foto: Agência Brasil)

CLÁUDIO HUMBERTO

Em conversa com a presidente Dilma Rousseff, seus ministros mais leais passaram-lhe a avaliação de que o Supremo Tribunal Federal (STF) deve acatar alegações do ministro-relator Gilmar Mendes e do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para barrar a nomeação de Lula para a Casa Civil por considerar que ficou configurado o “desvio de finalidade”, com a clara intenção de dificultar a investigação.

SALVO CONDUTO
A tendência do STF, avalia o Planalto, é considerar que a nomeação objetivou dar a Lula foro privilegiado como se fora “salvo conduto”.

PROVAS DE OBSTRUÇÃO
O governo soube que provas obtidas pelo MPF, levando Janot a mudar de atitude, indicam que a nomeação de Lula era para obstruir a Justiça.

MAU PRESSÁGIO
O adiamento do julgamento da nomeação e o parecer contrário da Procuradoria-Geral da República acionaram o alarme do Planalto.

MELHOR DESISTIR
Jaques Wagner faz prognóstico pessimista, ontem: melhor não contar com Lula na Casa Civil. O ex-presidente pode até desistir. (Coluna de Cláudio Humberto – Clique AQUI e leia mais)

Notícias Relacionadas