Receita investiga contribuintes baianos que não declararam carros de luxo

Da Agência Brasil

A Receita Federal anunciou hoje (25) uma operação para investigar contribuintes baianos que são proprietários de carros de luxo não declarados no Imposto de Renda. Somente os contribuintes selecionados na primeira fase da fiscalização deixaram de pagar cerca de R$ 15 milhões em impostos.

infográficoAs informações foram levantados a partir do cruzamento de dados com a Secretaria de Fazenda do Estado da Bahia. Até agora foram identificadas 100 pessoas físicas que não declararam os automóveis no Imposto de Renda. Os dados mostram também que esses contribuintes não tinham rendimentos compatíveis com a posse dos automóveis, cujos valores chegaram a R$ 930 mil.

De acordo com a Receita, é possível que, com o aprofundamento da investigação, sejam encontradas outras omissões desses contribuintes. Nesse grupo inicial, já foram intimados nove proprietários em Salvador, Feira de Santana, Lauro de Freitas e Itabuna.

Para evitar as notificações, os contribuintes podem regularizar a situação apresentando uma declaração retificadora e o pagamento das diferenças devidas.

Os contribuintes que não fizerem serão autuados pelos valores devidos, acrescidos de multa de 75% sobre o valor do imposto apurado e de juros moratórios, podendo ser representados pelos crimes contra a ordem tributária para aplicação das sanções penais.

Notícias Relacionadas