Com medo da Lava Jato, Lula quer antecipar eleições gerais

CLÁUDIO HUMBERTO

O ex-presidente Lula orientou os principais aliados, dentro e fora do PT, a fazerem “campanha” de antecipação das eleições presidenciais para este ano, porque teme não sobreviver politicamente até a campanha de 2018. Investigado por corrupção em vários inquéritos, na Lava Jato, ele corre o risco de ser preso ou no mínimo de ficar inelegível, de acordo com a Lei da Ficha Limpa, após condenação por um tribunal colegiado.

Lula teme ser preso ou impedido pela Ficha Limpa. (Foto: Juca Varella/ABr)
Lula teme ser preso ou impedido pela Ficha Limpa. (Foto: Juca Varella/ABr)
Ela não gosta, mas…
A antecipação da eleição não agrada Dilma, como deixou claro ontem durante coletiva, mas ela se renderá aos interesses de Lula.

Gestação da proposta
A ideia de antecipar a eleição presidencial nasceu em uma conversa de Lula com o presidente do Senado, Renan Calheiros, há 40 dias.

Voluntário escolhido
O senador Valdir Raupp (PMDB-RO), muito ligado a Calheiros, foi designado para adotar como sua a ideia da antecipar a eleição.

Tábua de salvação
Os lulistas do PT são grandes entusiastas da antecipação. Avaliam que só a candidatura de Lula pode salvar o PT da derrocada total.

Notícias Relacionadas