Ao vivo: confira a votação. Governo reconhece derrota.

Deputados federais decidem se autorizam ou não abertura de processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em votação no plenário (Foto: Marcelo Camargo/Agência )
Deputados federais decidem se autorizam ou não abertura de processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em votação no plenário (Foto: Marcelo Camargo/Agência )

O mapa de votações do Palácio do Planalto apontava derrota do governo quando o processo chegou ao Estado do Rio Grande do Norte. Pelos cálculos do governo, neste Estado, o governo deveria estar com 115 votos, mas conseguiu 95 no total, 20 votos a menos.

Com isto, a equipe da presidente Dilma já reconhecia que seria derrotada. Nas palavras de um assessor, apenas um milagre poderia mudar o placar, o que, pelas projeções, não teria condições de ocorrer. A expectativa é que o governo feche a votação com cerca de 140 votos favoráveis e o PMDB e a oposição com cerca de 360.

O Palácio do Planalto definiu que, neste domingo (17), quem irá se pronunciar pela presidente Dilma será o ministro José Eduardo Cardozo (Advocacia-Geral da União), responsável pela defesa da petista.

O governo deve entrar no STF (Supremo Tribunal Federal) contra o mérito do pedido de impeachment, mas ainda não está definido quando isto irá acontecer. (Folha de S. Paulo)

Notícias Relacionadas