Manifestantes da CUT fecham Rodovia dos Imigrantes em ato contra impeachment

Manifestantes da CUT agem contra o impeachement
Manifestantes da CUT agem contra o impeachement

AGÊNCIA BRASIL

Cerca de cem manifestantes interditaram, totalmente, no início da manhã de hoje (15), a Rodovia dos Imigrantes, com bloqueio na altura do quilômetro 16, próximo à cidade de Diadema, no sentido capital paulista. O ato é contrário ao processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff e foi convocado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Segundo a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta/Imigrantes (SAI), por volta das 7h15, a Polícia Rodoviária estava desobstruindo duas faixas à esquerda. Em consequência do bloqueio, há lentidão de três quilômetros, entre os quilômetros 21 e 16.

Outra manifestação de um pequeno grupo ocupa a faixa da ciclovia e a calçada da Ponte das Bandeiras, no centro da capital paulista, onde os ativistas estenderam uma faixa com os dizeres: Fora Cunha, em referência ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Notícias Relacionadas