Greve de ônibus em Salvador deixa milhares sem transporte

O povo ficou sem transporte para chegar ao trabalho. Situação só será normalizada a partir das 8h.
O povo ficou sem transporte para chegar ao trabalho. Situação só será normalizada a partir das 8h.

Salvador amanheceu sem ônibus nesta sexta-feira (15) por conta da paralisação dos rodoviários. Nenhum ônibus municipal, intermunicipal, de fretamento ou turismo deixou as garagens desde às 4h. Os motoristas e cobradores dos coletivos estão parados em campanha salarial e também em protesto contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A paralisação está prevista para durar até às 8h de hoje. O vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo, os motoristas e cobradores dos coletivos estão parados em campanha salarial, e pela falta de cumprimento do acordo coletivo feito ano passado entre a categoria e as empresas dos consórcios Ot Trans, Plataforma e Salvador Norte (CSN).

”No dia 29 foi entregue pauta com campanha salarial. Tivemos a primeira reunião para tratar da pauta. Representantes [das empresas] apresentaram contrapauta. Queriam suprimir horas extras, colocar cobrador para folgar e motorista cobrar e dirigir finais de semana”, disse Fábio.

Notícias Relacionadas