CNT anuncia apoio ao impeachment e alega ‘incapacidade’ de Dilma

 A CNT é presidida pelo ex-senador Clésio Andrade (PMDB-MG)
A CNT é presidida pelo ex-senador Clésio Andrade (PMDB-MG)

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) anunciou nesta quarta-feira apoio ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. A entidade alegou que a petista é incapaz de solucionar a crise econômica e de promover melhorias na infraestrutura.

Em nota, a CNT não faz qualquer referência aos argumentos utilizados para a apresentação do processo de impeachment em análise na Câmara dos Deputados, como as pedaladas fiscais, destacou unicamente a “incapacidade da presidente e do seu governo na articulação política com o Congresso Nacional e, com isso, sem base de apoio, perdendo a autoridade para liderar o processo de reformas necessárias ao desenvolvimento do país” e de “transmitir confiança e atrair investimentos nacionais e estrangeiros, essenciais para a retomada do crescimento do país, gerando insegurança jurídica”.

A CNT é presidida pelo ex-senador Clésio Andrade (PMDB-MG), réu no caso do valerioduto mineiro. (Laryssa Borges, de Brasília) (Veja Online/Laryssa Borges)

Notícias Relacionadas