Estudantes se destacam na Mostra de Dança da Assembleia Legislativa

Mostra de Dança da Assembleia Legislativa da Bahia (Foto: Divulgação)
Mostra de Dança da Assembleia Legislativa da Bahia (Foto: Divulgação)

O estímulo da Secretaria da Educação do Estado ao desenvolvimento de projetos de arte, esporte, ciência e cultura nas escolas da rede pública estadual, por meio do Programa Educar para Transformar, tem como um dos frutos o envolvimento dos estudantes no ‘Dança Estudantil’ (Dance).

Não por acaso, os alunos participantes do Dance foram convidados para participar, nesta quarta-feira (6), da 4ª Mostra de Dança da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), evento que integra as comemorações do Dia Internacional da Dança (29 de abril). A iniciativa teve, mais uma vez, a parceria da Secretaria da Educação, que busca promover o protagonismo juvenil no ambiente escolar através dos projetos estruturantes.

Com coreografias de diferentes ritmos, como dança afro, jazz, hip hop e dança clássica, as apresentações dos estudantes emocionaram a plateia e foram uma demonstração da identidade dos alunos da rede pela expressão corporal. “A dança para mim é uma forma de reconhecimento do nosso talento como dançarino e, além disso, contribui para o nosso aprendizado na escola”, disse Natan Santana, 16 anos, aluno do 1º ano, do Colégio Estadual Antônio Sérgio Carneiro, no bairro de Arenoso, em Salvador. A professora de Educação Física, Bárbara Vilas Boas, atesta que a dança tem contribuído para o aprendizado dos alunos: “Eles se tornam mais responsáveis, mais sociáveis e solidários”.

Estudantes do Colégio Estadual Landulfo Alves e alunos egressos do Complexo Educacional Oscar Cordeiro, ambos no bairro da Calçada, na capital, também se apresentaram na Mostra de Dança. “O Dance é um projeto estruturante da Secretaria da Educação fundamental para a formação dos jovens. A arte é uma área do conhecimento muito importante para ser trabalhada na escola porque, através dela, conseguimos transformar socialmente os nossos jovens”, comemora a professora de dança destas unidades, Catarina Laborda.

Notícias Relacionadas