Aplicativo mapeia acessibilidade de estabelecimentos

unnamedDisponível para iOS e Android, o guiaderodas funciona como um guia colaborativo para consulta e avaliação da acessibilidade de estabelecimentos para pessoas com dificuldade de locomoção. Por ele, são avaliados restaurantes, supermercados, lojas, cinemas, farmácias, consultórios, teatros, baladas etc. O objetivo é facilitar a vida de todas as pessoas com algum tipo de dificuldade de locomoção, sejam cadeirantes, idosos, gestantes, mães com filhos pequenos e tantas outras limitações físicas e funcionais.

Por meio de uma avaliação, que dura no máximo 30 segundos, qualquer usuário consegue classificar o estabelecimento que frequenta como acessível, parcialmente acessível e não acessível.

Segundo estimativa do IBGE, aproximadamente 5 milhões de brasileiros possuem forte dificuldade ou impossibilidade de locomoção. Mas, este número pode crescer ainda mais, ao considerarmos limitações provisórias como um processo pós-cirúrgico ou mesmo a realidade de uma mãe com carrinhos de bebês.

“O projeto guiaderodas nasceu da minha própria experiência. Sou cadeirante há quinze anos e vivencio no meu dia a dia diversos obstáculos que impossibilitam ou restringem minha locomoção. Percebi que pessoas em diferentes momentos da vida enfrentam problemas similares, seja por limitação provisória ou permanente de exercer suas funções rotineiras. Além disso, algumas facilidades beneficiam muito idosos de uma maneira geral, que mesmo não tendo nenhuma limitação funcional, tendem a preferir um elevador a uma escada, por exemplo”, explica Bruno Mahfuz, fundador do guiaderodas, que já conta com apoio do Porto Seguro Auto, por meio de sua campanha Trânsito+gentil, que estimula a prática da gentileza.

Com abordagem otimista e descontraída, o aplicativo permite uma rápida avaliação do estabelecimento, levando em conta informações como se há vagas especiais para estacionamento ou manobrista, se a entrada é facilitada, se há boas condições de circulação interna e se há banheiro para pessoas com deficiência. São perguntas claras e objetivas que podem ser respondidas por pessoas com dificuldade de locomoção ou não. Através do recurso de GPS, o app favorece a avaliação in loco do estabelecimento. Outros filtros de busca podem ser feitos, seja por algum local específico, categoria, lugares já marcados como acessíveis, etc.

Notícias Relacionadas