Presidente do Grupo Gerdau se apresenta à Polícia Federal em SP

Embora não tenha sido encontrado pela manhã, André Gerdau  se apresentou, por volta das 14h, à PF da capital paulista, acompanhado de seus advogados. Ninguém quis se manifestar.
Embora não tenha sido encontrado pela manhã, André Gerdau se apresentou, por volta das 14h, à PF da capital paulista, acompanhado de seus advogados. Ninguém quis se manifestar.

O presidente do Grupo Gerdau, André Gerdau, apresentou-se na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, no bairro da Lapa, por volta das 14 horas de hoje (25). Ele chegou acompanhado de um advogado. Nenhum deles quis se pronunciar.

Gerdau é investigado na sexta fase da Operação Zelotes. Foi decretado mandado de condução coercitiva do empresário – quando a pessoa é levada à delegacia para prestar depoimento e, em seguida, é liberada.

A Zelotes investiga fraudes em julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), ligado ao Ministério da Fazenda. A suspeita é que o grupo Gerdau tenha atuado no Carf para evitar o pagamento de multas que chegam a R$ 1,5 bilhão.

A siderúrgica investigada tem operações industriais em 14 países e celebrou contratos com escritórios de advocacia e de consultoria, os quais, por meio de seus sócios, “agiram de maneira ilícita, manipulando o andamento, a distribuição e decisões do Carf, visando a obter provimento de seus recursos e cancelamento da cobrança de tributos em seus processos”, segundo a denúncia.

Notícias Relacionadas