João Santana é preso pela PF ao desembarcar em SP e segue para Curitiba

João Santana desembarcou em Guarulhos (SP) e foi preso pela PF (Foto: Imagem capturada/TV Globo/Reprodução)
João Santana desembarcou em Guarulhos (SP) e foi preso pela PF (Foto: Imagem capturada/TV Globo/Reprodução)

AGÊNCIA BRASIL
E JORNAL DA MÍDIA

O publicitário João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, chegaram ao Brasil às 9h20 de hoje (23), com o desembarque antecipado ao horário previsto anteriormente (10h), no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, em São Paulo. O casal foi levado em avião da Polícia Federal (PF) para a Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, no Paraná.

João Santana e sua mulher tiveram a prisão temporária decretada na 23ª fase da Operação Lava Jato, que investiga a relação de Santana com a empresa Odebrecht. A empreiteira também é alvo de investigações da Polícia Federal e teria feito repasses financeiros ao publicitário no exterior. De acordo com a PF, eles serão conduzidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba para exame de corpo de delito e, então, retornarão à Polícia Federal onde deverão prestar depoimento.

O juiz federal Sérgio Moro determinou ontem (22) o sequestro de um apartamento, localizado em São Paulo, registrado em nome de Santana e de sua mulher. Há suspeitas de que o imóvel teria sido pago com dinheiro retirado de uma conta secreta na Suíça.

Santana, que foi responsável pelas campanhas presidenciais de Lula (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014), estava na República Dominicana, onde trabalhava para reeleição do presidente Danilo Medina. O pedido de prisão do publicitário repercutiu na imprensa do país.

Fonte: Gazeta do Povo

Notícias Relacionadas