Bahia destina R$ 1 milhão para água potável em comunidades rurais

Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto. (Foto: Divulgação)
Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto. (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) deu mais um passo em prol do objetivo do Governo do Estado de levar água potável para as comunidades rurais. Nesta segunda-feira (22), além da assinatura do convênio para a implementação de sistemas de abastecimento de água nas cidades de Barra, Ibotirama, Morpará e Muquém de São Francisco, a secretaria anunciou mais um R$ 1 milhão, somados aos R$ 600 mil já disponíveis, para ampliação do projeto. Também constam na lista os municípios de Xique-Xique, Angical e Cristópolis.

“Vivemos um momento difícil por conta não apenas da crise hídrica, mas também de muita dificuldade econômica. O apoio das lideranças é de suma importância, de forma a concretizarmos a meta de universalização da água na Bahia, em especial nas comunidades mais dispersas, que convivem há muito com dificuldades para ter acesso a esse bem imprescindível para nossa sobrevivência”, destacou o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto.

Todos os sistemas serão construídos pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb). Presente ao evento, o presidente da companhia, Marcus Bulhões, afirmou que a empresa está empenhada na tarefa. “Nossa meta é abranger prioritariamente as zonas rurais e com este intento, vamos investir todos os recursos financeiros e humanos possíveis”, disse.

Já o prefeito de Barra, Artur Silva Filho, destacou a satisfação, em nome de todos os municípios. “Saber que o governo está empenhado e faz cada vez mais para os que mais precisam para nós é muito importante”. O secretário garantiu que outras comunidades estarão na pauta.

Notícias Relacionadas