No reencontro após final da Copa do Brasil, Palmeiras e Santos não saem do 0 a 0

O tropeço em casa mantém o time palmeirense e o técnico Marcelo Oliveira pressionados (Foto: Site Oficial do Palmeiras)
O tropeço em casa mantém o time palmeirense e o técnico Marcelo Oliveira pressionados (Foto: Site Oficial do Palmeiras)

O Clássico da Saudade entre Palmeiras e Santos terminou sem gols. Na tarde deste sábado (20), os dois times fizeram um confronto com dois tempos distintos e ficaram no 0 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo. A partida foi válida pela abertura da quinta rodada do Paulistão Itaipava.

O tropeço em casa mantém o time palmeirense e o técnico Marcelo Oliveira pressionados. Afinal, o clube soma apenas seis pontos no Grupo B e pode deixar a zona de classificação, caso Ituano e Novorizontino vençam.

Por outro lado, os santistas seguem invictos, com nove pontos no Grupo A.

Palmeiras e Santos fizeram um primeiro tempo de poucas emoções. O lance mais agudo de ataque aconteceu aos 38 minutos. O atacante Gabriel aproveitou rebote do goleiro Fernando Prass, após finalização do atacante Ricardo Oliveira. A arbitragem anulou o lance por impedimento.

Após um primeiro tempo monótono, o segundo foi bastante movimentado. O time palmeirense teve uma grande chance logo aos dois minutos. O atacante Dudu girou sobre o volante Renato e bateu de virada, para grande defesa do goleiro Vanderlei.

A resposta santista aconteceu aos 13 minutos. E Gabriel perdeu chance de ouro para abrir o placar. O jovem atacante se antecipou à marcação do veterano Zé Roberto e saiu na cara de Fernando Prass, mas finalizou para fora.

A partida continuou emocionante nos minutos finais. O time da casa criou duas boas oportunidades com Dudu e Alecsandro. Enquanto isso, os visitantes seguiram desperdiçando chances incríveis com Gabriel. Aos 31 minutos, ele recebeu cruzamento na cara do gol e mandou à direita de Fernando Prass.

Pela sexta rodada, o Palmeiras encara o XV de Piracicaba, na quinta-feira (25), às 21h30, no Estádio Barão da Serra Negra, em Piracicaba. Em compensação, o Santos recebe Mogi Mirim, na mesma quinta-feira (25), às 19h30, no Pacaembu, em São Paulo.

Notícias Relacionadas