Moradores da região da Avenida Bonocô recebem quadra poliesportiva

Além da quadra, que é equipada com alambrado, traves, tabelas de basquete e refletores para atividades noturnas, ainda foram distribuídos 16 kits de uniforme (Foto: Carol Garcia/GOVBA)
Além da quadra, que é equipada com alambrado, traves, tabelas de basquete e refletores para atividades noturnas, ainda foram distribuídos 16 kits de uniforme (Foto: Carol Garcia/GOVBA)

Moradores dos bairros de Cosme de Farias, Luis Anselmo e Baixa do Tubo, em Salvador, receberam, na manhã deste sábado (20), uma nova quadra poliesportiva que fica no canteiro central da avenida Bonocô, próximo à estação de metrô. O equipamento de lazer e de prática de atividades físicas é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e a concessionária CCR Metrô Bahia, e foi entregue pelo secretário de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, e pelo diretor-presidente da CCR Metrô Bahia, Luis Valença.

Além da quadra, que é equipada com alambrado, traves, tabelas de basquete e refletores para atividades noturnas, ainda foram distribuídos 16 kits de uniforme (colete, bermuda, meião), duas bolas de futebol e um par de redes.

O acesso é gratuito e no dia da inauguração já começaram as partidas de futebol, com direito a pontapé inicial dado pelo secretário Carlos Martins. “Há uma preocupação em integrar as comunidades onde chegam grandes intervenções urbanas, como o metrô. A nossa ideia, inclusive, é ampliar algumas dessas áreas de convivência, porque o importante é que o metrô não seja somente mobilidade, seja também qualidade de vida”, contou o secretário.

Segundo o diretor-presidente da CCR, Luis Valença, os equipamentos de lazer e outras intervenções urbanas já fazem parte do projeto do metrô. “A CCR assumiu, desde o começo, com o Governo do Estado, o compromisso de promover o desenvolvimento urbano e a cidadania e isso é o que está acontecendo, tanto aqui no Bonocô quanto em toda obra das linhas 1 e 2, no Calabetão, em Pirajá, e principalmente na avenida Paralela, onde teremos 18 quilômetros de ciclovias. É o metrô promovendo mobilidade e os equipamentos promovendo melhoria de qualidade de vida para as pessoas”.

Notícias Relacionadas