Reforma de três casarões vai beneficiar 23 famílias do Centro Histórico

Mais três casarões do Centro Histórico de Salvador serão reformados pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedur), para abrigar 23 famílias. A ação integra o Plano de Reabilitação do Centro Antigo, que tem como uma das prioridades principais a construção de unidades habitacionais para manter na região antigos moradores, garantindo infraestrutura adequada, saneamento básico e condições dignas de moradia.

O Governo do Estado já atendeu 500 famílias residentes do Centro Antigo de Salvador (Foto: Carol Garcia/GOVBA)
O Governo do Estado já atendeu 500 famílias residentes do Centro Antigo de Salvador (Foto: Carol Garcia/GOVBA)

“A proposta de reabilitação da região do Centro Antigo passa também pela questão social. A Diretoria do Centro Antigo de Salvador trabalha na execução das obras e também na elaboração de projetos para habitação social”, ressalta o diretor do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias. Serão investidos cerca de R$ 3 milhões na reforma dos três casarões, localizados nas ruas São Francisco e 7 de Novembro.

O Governo do Estado já atendeu 500 famílias residentes do Centro Antigo de Salvador.

Além de 107 novas unidades habitacionais do Conjunto Nossa Senhora do Pilar, no Pilar, a Dircas/Conder finalizou a reforma de 38 casarões do Centro Histórico, que estavam abandonados ou em ruínas, para a produção de 41 unidades habitacionais destinadas aos servidores públicos e 74 novas moradias, que estão sendo utilizadas por antigos moradores, no Pelourinho.

Notícias Relacionadas