Jogadores exaltam Aguirre após vitória do Galo na Libertadores

Aguirre foi bastante festejado pelos jogadores do Galo (site oficial do Atlético-MG)
Aguirre foi bastante festejado pelos jogadores do Galo (site oficial do Atlético-MG)

Todos os jogadores do Atlético Mineiro fizeram questão de apontar Diego Aguirre como grande responsável pela vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Melga (Peru), fora de casa, na estreia na Copa Libertadores. Dos conceitos táticos trabalhados pelo treinador ao apoio psicológico transmitido ao elenco, não faltam provas de que o treinador está com moral no clube.

– Foi um grande espetáculo hoje (quarta-feira) aqui. A equipe do Melgar tem qualidade também, a gente tomou o gol cedo e, depois, começou a tocar a bola, rodar, achar os companheiros bem colocados. Vibrei com o treinador porque é um cara que vem me dando moral dentro e fora de campo. Hoje, ele me pediu para fazer o meio, acabei ajudando de alguma forma – afirmou Luan.

Após sair atrás no placar, o Atlético-MG conseguiu a virada ainda no primeiro tempo, com dois golaços: um chutaço de fora da área de Rafael Carioca e outro marcado por Patric, que deixou zagueiro e goleiro para trás. Tudo, segundo eles, fruto de muito treino no dia a dia.

– É treinamento, o Aguirre dá liberdade e temos que manter isso porque é uma arma, as equipes vêm muito fechadas contra a gente e um lance como esse ajuda muito a equipe. O gol contra o Colo Colo acho que foi mais bonito, mas estou pegando gosto para, quando surgir essas oportunidades, poder acertar – comentou Rafael Carioca, que teve discurso completado por Patric.

– Tenho muitas pessoas para agradecer, mas esse gol quero dedicar especialmente ao Aguirre, que tem me dado oportunidade e confiança. Fico feliz pelo gol, pelo trabalho que a equipe vem fazendo. Saímos atrás, conseguimos o empate com um belo gol do Rafael e, depois, o Luan me deu uma bela assistência.

Notícias Relacionadas