Partido de Aldo ‘aparelha’ Ministério da Defesa e irrita militares

CLÁUDIO HUMBERTO

Pepétua Almeida ganhou boquinha no Ministério da Defesa
Pepétua Almeida ganhou boquinha no Ministério da Defesa
Irritou as Forças Armadas a nomeação da ex-deputada Perpétua Almeida (PCdoB) para o cargo de secretária de Produtos do Ministério da Defesa. Eles convivem bem com Aldo Rebelo, também comunista, pelas qualidades pessoais do ministro, mas o “aparelhamento” vem sendo considerado “provocação”. O PCdoB foi o partido da guerrilha do Araguaia, o mais sério conflito armado enfrentado pelo regime militar.

BOQUINHA
Perpétua Almeida vai ganhar R$ 13,9 mil. O comandante do Exército, general Villas Boas, 50 anos de serviço, recebe R$ 14,2 mil ao mês.

MÁGOA ANTIGA
A ex-deputada Perpétua Almeida tem outro “problema” com a caserna: é dela o projeto que exclui militares dos benefícios da Lei da Anistia.

NÃO RESISTIU
O antecessor de Perpétua não sobreviveu à pressão dos militares Murilo Marques Barbosa recebia salário ainda maior: R$ 30,5 mil. (Leia mais na Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI)

Notícias Relacionadas