Saulo abre folia no Centro e diz que as “cordas são os braços das pessoas

O artista, que desfilará amanhã (8) também no Campo, Grande enfatizou a participação popular (Foto: Agecom)
O artista, que desfilará amanhã (8) também no Campo, Grande enfatizou a participação popular (Foto: Agecom)
A tradicional “pipoca” de Saulo leva milhares de foliões ao Circuito Osmar (Campo Grande) na tarde deste domingo (7). O cantor, primeiro da fila, já está no terceiro ano consecutivo do projeto sem cordas, cantando para os foliões que admiram seu trabalho. Saulo salientou a mudança existente na festa e que melhora a cada ano.

“Eu sinto o Carnaval se transformando, e isso é bacana. A gente sai do lugar de conforto e arrisca outras coisas. No meu caso, a minha pipoca é uma realidade. Eu experimentei na Barra, sexta-feira, e agora estou vendo essa galera aqui, promovendo a igualdade, isso é perfeito”.

O artista, que desfilará amanhã (8) também no Campo, Grande enfatizou a participação popular. “Hoje será lindo e amanhã também. A participação das pessoas, seja criança, idosos, é muito importante e eu respeito muito quem sai na pipoca. Aqui a gente consegue que todo mundo venha, participe, dance, se abrace. Aqui as cordas são os braços das pessoas”.

Notícias Relacionadas