Gerônimo e Sarajane agitam o domingo sem cordas na Barra e no Campo Grande

Autor de sucessos como Eu Sou Negão e Jubiabá, Gerônimo iniciou carreira nos anos 70 (Foto: Tatiana Azeviche/Setur)
Autor de sucessos como Eu Sou Negão e Jubiabá, Gerônimo iniciou carreira nos anos 70 (Foto: Tatiana Azeviche/Setur)

Dois ícones da folia e da música baiana, Gerônimo e Sarajane agitam o domingo sem cordas, com o apoio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa). Gerônimo desfila no circuito Barra-Ondina e Sarajane sai do Campo Grande no carnaval que ‘É pra todo mundo’.

Na Barra tem ainda Ju Moraes, Viviane Tripodi, Avenida 7 e Trio Pop Rock. Saulo volta a fazer a festa no Campo Grande, de onde sai também Carla Cristina, “coroando o esforço do Governo da Bahia no sentido de oferecer diversão gratuita para o folião”, afirma o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

Autor de sucessos como Eu Sou Negão e Jubiabá, Gerônimo iniciou carreira nos anos 1970. Obteve repercussão inicialmente com músicas gravadas por outros artistas: Dentro da Minha Cabeça (A Cor do Som) e Mensageiro da Alegria (Diana Pequeno). Nos anos 1980 abriu definitivamente o espaço com É d’Oxum.

Uma das pioneiras da axé-music, Sarajane fez sucesso com as músicas A Roda, Vale, Cadê Meu Coco, Xenhehem e o pot-pourri Ela Sabe Mexer. Com mais de 35 anos fazendo a folia de baianos e turistas, a cantora garante uma pipoca animada.

Notícias Relacionadas