Polícia investiga crime ocorrido após briga entre catadores de lata

No Carnaval deste ano, 48 portais de abordagem foram instalados nos acessos aos circuitos da festa.
No Carnaval deste ano, 48 portais de abordagem foram instalados nos acessos aos circuitos da festa.
A Polícia Civil investiga as circunstâncias de uma briga entre catadores de lata que resultou na morte de Evilasio dos Santos, de 35 anos, por volta das 23h desta sexta-feira (5), no bairro de Ondina. Com passagens pela polícia por furto e agressão à ex-companheira, Evilasio estava brigando com outro catador quando foi atingido por um objeto cortante.

Imagens de câmeras de segurança da rua N, próximo à Paróquia da Ressurreição do Senhor, onde ocorreu o fato, já foram solicitadas pela Polícia Civil e poderão ser utilizadas na identificação do autor da agressão. Cara de Cachorro, como era conhecido na região, foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em um posto policial da avenida Adhemar de Barros.

No Carnaval deste ano, 48 portais de abordagem foram instalados nos acessos aos circuitos da festa, onde policiais militares estão realizando, em média, 20 mil abordagens por hora, inibindo a criminalidade e ampliando a sensação de segurança. Na quinta-feira (4), a estratégia resultou em um aumento de 166,7% no número de indiciados em flagrante, em relação ao mesmo período em 2015. Também na quinta, houve redução de 42,9% no número de roubos, e de 1,6% no número de furtos.

Notícias Relacionadas