CPMF vira ”boi de piranha” para outros impostos

dinheiro.cpmfA presidente Dilma faz da CPMF um “boi de piranha”: enquanto a oposição esbraveja contra a recriação do imposto do cheque, o governo aumenta sem alarde outros tributos. Aumentou o Imposto de Renda para pessoas físicas, dobrou o IOF para 3%, aumentou o PIS/Cofins sobre gasolina (R$ 0,22 por litro) e importados (9,2% para 11,7%) e decidiu reintroduzir a Cide, o “imposto do combustível”, na mais elevada carga tributária de um país não europeu: a brasileira.

O BOI DE ‘PIRANHA’
No interior, um boi é sacrificado “distraindo” piranhas em um rio para que o resto da boiada o atravesse em segurança. É o “boi de piranha”.

AINDA TEM TARIFAÇOS
Dilma aumentou impostos, deixou caducar isenções e promoveu tarifaços como o da energia elétrica, que aumentou mais de 50%.

CPMF É IMBATÍVEL
Aumentando impostos e contribuições, o governo terá receita adicional de R$ 30 bilhões/ano. A receita da CPMF seria de R$ 80 bilhões anuais

CORTE IRRELEVANTE
O corte de despesas promovido por Dilma com pompa, foi irrelevante para o equilíbrio das contas públicas: apenas R$ 200 milhões. (Coluna de Cláudio Humberto.Clique AQUI e leia mais).

Notícias Relacionadas