Receita apreende 8 quilos de haxixe no Aeroporto Internacional de Salvador

A carga estava embalada em pacotes a vácuo e está avaliada em mais de 50 mil reais
A carga estava embalada em pacotes a vácuo e está avaliada em mais de 50 mil reais

A Receita Federal apreendeu no fim da tarde desta sexta-feira (06/11)  8,2 quilos de haxixe, uma derivação da maconha, durante procedimento de fiscalização de rotina no Aeroporto Internacional de Salvador.

A droga estava sendo trazida como bagagem por um cidadão brasileiro em voo da TAP procedente de Lisboa (Portugal). As imagens obtidas no aparelho de raios-X da Receita Federal evidenciaram a existência de pacotes suspeitos, e a presença da substância entorpecente foi confirmada logo em seguida com a inspeção da bagagem. A equipe de plantonistas da Receita Federal, composta por um auditor fiscal e dois analistas tributários, verificou que a bagagem apresentava um fundo falso para ocultação da droga.

A carga estava embalada em pacotes a vácuo e está avaliada em mais de 50 mil reais. Os tabletes de haxixe foram encaminhados para a Polícia Federal, que prosseguirá com a apuração do caso.

A Polícia Federal foi acionada e procedeu à prisão em flagrante do passageiro pelo crime de tráfico internacional de drogas. O rapaz de 18 anos, natural de Vila Velha (ES), havia embarcado em Barcelona (Espanha) e pretendia seguir viagem para Vitória (ES).

A carga estava embalada em pacotes a vácuo e está avaliada em mais de 50 mil reais. Os tabletes de haxixe foram encaminhados para a Polícia Federal, que prosseguirá com a apuração do caso.

Notícias Relacionadas