Alunos de três colégios estaduais percorrem patrimônios históricos de Salvado

O ponto principal do tour  foi a visita ao Museu da Misericórdia, instalado em um prédio antigo erguido no século 17 e tombado em 1938.
O ponto principal do tour foi a visita ao Museu da Misericórdia, instalado em um prédio antigo erguido no século 17 e tombado em 1938.

Os estudantes dos colégios estaduais João das Botas, no bairro da Barra, Manoel Devoto, no Rio Vermelho, e Lomanto Junior, em Itapuã, tiveram uma aula de História diferente nesta quarta-feira (4). Eles fizeram um tour do conhecimento por pontos turísticos e patrimônios históricos da capital com o projeto ‘Aula Viva’. A iniciativa envolve professores da disciplina das três unidades, em parceria com alunos do curso de História que fazem parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

A viagem pela história da Bahia começou pelo Farol da Barra, seguindo pelo Dique do Tororó e a Avenida Contorno, onde está localizado o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA). Logo em seguida, passaram pelo Mercado Modelo, Elevador Lacerda e subiram até a Praça Municipal e a Praça da Cruz Caída, lugar de acesso a diversos museus e ambientes culturais localizados no entorno. Estes espaços ajudam a contar um pouco da história do Brasil.

O ponto principal foi a visita ao Museu da Misericórdia, instalado em um prédio antigo erguido no século 17 e tombado em 1938. No local, os estudantes apreciaram pinturas, esculturas originárias de Portugal e do Brasil e objetos decorativos como móveis históricos, a exemplo da cadeira onde Dom Pedro II se sentava e uma escrivaninha que pertenceu ao diplomata, escritor, político e jurista Rui Barbosa.

Notícias Relacionadas