Manifestantes incendeiam ônibus após assassinato em Canavieiras

Em protesto pelo assassinato de mototaxista, manifestantes incendiaram ônibus em Canavieiras. (Foto: Reprrodução/WhattsAapp)
Em protesto pelo assassinato de mototaxista, manifestantes incendiaram ônibus em Canavieiras. (Foto: Reprrodução/WhattsAapp)
A população de Canavieiras, no sul da Bahia, vive clima de tensão e revolta, após dois adolescentes executarem o mototaxista e técnico em enfermagem no município, Ricardo Santiago Santos, de 32 anos. O mototaxista foi morto com requintes de crueldade ao atender a um pedido de corrida dos criminosos.

A vítima teve o corpo amarrado em uma árvore em área de manguezal e levou dois tiros na cabeça. Os jovens acusados de executar a vítima têm 15 e 17 anos, segundo informa o Blog Pimenta.

O corpo de Ricardo foi descoberto por moradores durante a madrugada de sábado (25) e já sem sinais vitais. Já no período da manhã, começaram série de protestos com queima de um ônibus da Expresso Brasileiro e a ameaça, há pouco, de destruição do terminal rodoviário da cidade.

Moradores ficaram revoltados ao saber que um dos adolescentes foi apreendido e, para evitar linchamento, acabou sendo transferido para Ilhéus. O outro acusado do crime narrou à polícia detalhes da execução do mototaxista.

Os principais acessos a Canavieiras foram bloqueados pelos moradores para impedir que a polícia fosse reforçada. Troncos de eucalipto foram colocados ao longo da BA-001. Os manifestantes também atearam fogo em madeiras e pneus para impedir a chegada de reforço policial. (Blog Pimenta)

Notícias Relacionadas