Santiago decreta pré-emergência ambiental pela 16ª vez este ano

Os elevados índices de poluição ambiental levaram as autoridades chilenas a decretar o estado de “emergência ambiental” em Santiago do Chile, capital do país.
Os elevados índices de poluição ambiental levaram as autoridades chilenas a decretar o estado de “emergência ambiental” em Santiago do Chile, capital do país. (Foto: Reprodução)
As autoridades chilenas decretaram neste domingo (26), pela 16ª vez nesse ano, o estado de pré-emergência ambiental em Santiago devido aos altos índices de contaminação do ar que afetam principalmente crianças e idosos.

A iniciativa, aplicada também na última sexta-feira e na quarta-feira, proíbe a circulação de 20% dos veículos motorizados que possuem conversores catalíticos cujas placas terminem nos dígitos 5 e 6 e de 60% dos não catalíticos, cujas placas terminem em 3, 4, 5, 6, 7 e 8.

A ordem da prefeitura metropolitana de Santiago, que inclui os municípios limítrofes de Puente Alto e San Bernardo, começa a valer a partir das 7h30 (mesma hora de Brasília) e sua vigência dura até as 21h.

Notícias Relacionadas