Karatê do Brasil começa com dois ouros e um bronze em Toronto

Douglas Brose conquistou o ouro para o Brasil (Foto: COB)
Douglas Brose conquistou o ouro para o Brasil (Foto: COB)

O karatê do Brasil iniciou sua disputa nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015 nesta quinta-feira (23) com três lutadores em ação. E, logo no primeiro dia, conquistou três medalhas: duas de ouro e uma de bronze. A primeira medalha de ouro foi de Douglas Brose, da categoria até 60kg, que venceu na final o venezuelano Jovanni Martinez.

“Era a medalha que faltava para a minha coleção. Já fui campeão dos Jogos Sul-americanos, Mundiais e agora dos Jogos Pan-americanos. Foi uma luta muito boa. Antes, quando eu fazia 1 a 0, queria que o tempo corresse para ganhar. Hoje, administro melhor isso e mantenho o foco o tempo todo, para até ampliar”, contou Douglas, que derrotou o adversário pelo placar de 4 a 0.

O segundo ouro do dia foi de Valéria Kumizaki, da categoria até 55kg. Ao contrário do combate de Douglas, a vitória de Valéria foi decidida nos detalhes. A luta terminou empatada em 1 a 1, com Valéria e sua rival, a canadense Kate Campbell, desferindo golpes simultâneos a segundos do fim. A decisão ficou para os juízes, que determinaram a vitória da brasileira, que deixou a luta aos prantos.

“Treinei muito para estar aqui e conseguir esse ouro, estou muito emocionada. E também gostaria de dedicar a vitória ao meu treinador, que faleceu no ano passado”, declarou Valéria, muito emocionada.

A primeira a disputar uma semifinal no dia foi Aline Souza, da categoria até 50kg. Ela enfrentou Ana Villanueva, da República Dominicana, e vencia praticamente todo o combate, quando a rival desferiu o golpe e virou o placar a seu favor para 2 a 1. Bronze, então, para Aline.

Notícias Relacionadas