Exposição Salvador Belarús apresenta gravuras e bonecas eslavas

A Exposição Salvador Belarús é composta por obras do soteropolitano Paterson Franco e das artistas Volha Yermalayeva Franco e Yuliya Yermalayeva, de Belarús, Europa Oriental. A mostra tem curadoria de Evandro Sybine. Apresenta gravuras elaboradas através de técnicas de xilogravura, gravura em metal, litografia e monotipia, além de bonecas eslavas.

A exposição pode ser visitada diariamente, das 12h à meia noite, no Ciranda Café, Cultura e Artes. Com Mais informações pelo facebook www.facebook.com/CirandaCafeSalvador ou através do telefone (71) 3012-3963.

A exposição pode ser visitada diariamente, das 12h à meia noite, no Ciranda Café, Cultura e Artes
A exposição pode ser visitada diariamente, das 12h à meia noite, no Ciranda Café

Volha Yermalayeva é graduada em Patrimônio Cultural pela Universidade Europeia de Ciências Humanas, em Vilnius, Lituânia. Para ela, suas gravuras são reflexo do amor pelo patrimônio cultural e histórico do Brasil e por Belarús, seu país de origem. “Trabalho com compensado de mogno, toco de umburana, neolite, cobre e alumínio. As obras são uma mescla entre os orixás e as festas pagãs eslavas”, comenta Volha.

Segundo Paterson Franco, mestrando em Tradução Intersemiótica pela Universidade Federal da Bahia, tudo que nos cerca pode ser transformado em arte. “Utilizo materiais como sucata, acrílico e lâminas de facas quebradas. Além de sintagmas nominais, mapas, palha de coqueiro, entre outros. As obras desafiam e encantam. É necessário se entregar durante a observação”, explica o artista.

De acordo com a artista plástica e cidadã de Belarús, Yuliya Yermalayeva, a boneca guarda em sua forma autenticidade e traços característicos do povo que a fez. “Pesquiso há mais de quinze anos sobre bonecas de povos de todas as partes do mundo. Minha paixão são as bonecas tradicionais eslavas, que contém, através de suas delicadas formas, a história e os costumes de sua terra”, explica Yuliya.

Notícias Relacionadas