PP deve derrubar líder da bancada na Câmara

O Partido Progressista (PP), que tem o maior número de políticos investigados pela Polícia Federal, na Operação Lava Jato, articula a destituição do líder da bancada na Câmara, Eduardo da Fonte (PE). Os deputados progressistas dizem que não há “a menor condição” de serem representados por Eduardo da Fonte após mandado de busca e apreensão cumprido pela Polícia Federal na casa do parlamentar.

O grande problema é encontrar um deputado com nome limpo. Numa bancada com 39, 20 parlamentares estão sendo investigados pela PF. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas