Rui Costa é o deputado que mais faltou a sessões este ano

Nota da coluna Satélite, do jornal Correio desta segunda-feira (9) aponta que balanço sobre a frequência da bancada baiana na Câmara dos Deputados fechado na sexta (6), último dia de trabalhos no Congresso antes do recesso da Copa, registra que 15 deputados federais faltaram este ano a pelo menos 20% dos dias em que ocorreram sessões no plenário. De acordo com os dados divulgados no site da Casa, o líder do ranking é Rui Costa (PT), que reassumiu o mandato em 1º abril, após se lançar à disputa pelo governo do estado. Com índice de presença de 51,7%, o petista apareceu em apenas 15 dos 29 dias com sessões realizadas desde o seu retorno. Em segundo, com percentual de 54%, está Sérgio Brito (PSD), primeiro colocado em 2013. Já o bronze vai para Luiz Argôlo (SDD), com 58%. Alvo de processo de cassação por envolvimento com o suspeito doleiro Alberto Youssef, Argôlo é o campeão de ausências sem justificativas. Sequer deu satisfação para 14 de suas 21 faltas.

Outra corrente – Em contrapartida, três dos 39 deputados baianos não faltaram a nenhum dos 50 dias de atividade em plenário. São eles Amauri Teixeira (PT), Jutahy Júnior (PSDB) e Luis de Deus (DEM). Logo abaixo, com índice superior aos 90%, há outros nove: Antonio Brito (PTB), Daniel Almeida (PCdoB), Antônio Imbassahy (PSDB), Fábio Souto (DEM), Félix Jr. (PDT), José Carlos Araújo (PSD), Luís Alberto, Nelson Pelegrino e Valmir Assunção, todos do PT. O levantamento não leva em conta os dados de Popó Freitas (PRB), que deixou a Câmara após a volta de Rui Costa e só voltou com a nomeação de Mario Negromonte para o TCM.

Notícias Relacionadas