Moradores protestam em favela do Rio depois de PM balear homem na mata

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Moradores da comunidade do Chapéu Mangueira, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro, fizeram protesto depois que um homem foi baleado pela polícia na manhã de hoje (31) na favela. Segundo a Polícia Militar (PM), integrantes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Chapéu Mangueira/Babilônia estavam em patrulhamento na mata da favela quando um homem atirou contra eles.

Os policiais revidaram dando início a um tiroteio. De acordo com a PM, o homem atingido pelos policiais foi o mesmo que atirou contra os agentes. A vítima foi encaminhada ao Hospital Miguel Couto, também na zona sul da cidade.

De acordo com a PM, com o homem baleado foram encontrados uma pistola calibre 9 milímetros, dois carregadores e uma granada. O policiamento foi reforçado com soldados de outras UPPs da zona sul. O Chapéu Mangueira está ocupado por uma UPP desde junho de 2009.

Notícias Relacionadas