Vitória perde para o Atlético-MG e fica perto da zona de rebaixamento

O Vitória voltou a jogar mal e a perder no Campeonato Brasileiro. O algoz da vez foi o Atlético-MG, que mesmo jogando sem vários titulares bateu o rubro-negro baiano por 3 a 2, em partida disputada na noite desta quinta-feira,  no Estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana, pela sexta rodada do primeiro turno do Brasileiro da Série A. O Vitória ocupa agora a 15ª colocação, com 5 pontos ganhos. O Botafogo, que abre a zona de rebaixamento, tem 4 pontos.

vexame-perde-para-o-galo-e-torcida-defende-saida-de-falcao/vitoria-atleticomg/” rel=”attachment wp-att-163091″>O Vitória treinado por Amadeu mais uma vez foi um bando em campo O Vitória treinado por Amadeu mais uma vez foi um bando em campo[/caption]

Agora, o rubro-negro viaja neste sábado, 24, para disputar duas partidas seguidas fora de casa. No domingo, dia 25, contra o Botafogo, no Estádio Moacyr Correia, em Macaé (RJ), e dia 28, quarta-feira, contra o Goiás, em Goiânia. Dia 31, sábado, o time encerra esta primeira fase do Brasileiro enfrentando o Sport, em Feira de Santana.

Os dois gols no primeiro tempo ocorreram por conta de erros de posicionamento do sistema defensivo. Primeiro, no cruzamento de Emerson Conceição aproveitado por Dátalo, sozinho na área, aos 12 minutos, Três minutos após, numa cobrança de escanteio, Edcarlos cabeceou e a bola desviou em Alemão antes de entrar nas redes.

A rigor, nesta etapa, o Vitória teve uma única oportunidade: Ayrton fez cruzamento à meia altura e Souza não alcançou a bola que passou por toda área com o gol aberto.

No segundo tempo, Carlos Amadeu começou a mudar o time com 10 minutos na tentativa de melhorar o rendimento ofensivo. Trocou primeiro Souza por Dinei e depois colocou Willie no lugar de Marquinhos.

Ao final da partida, torcedores do Vitória voltaram a protestar contra o presidente Carlos Falcão, pedindo a renúncia do cartola. Falcão foi colocado na presidência do clube pelo ex Alexi Portela. Fala-se que os dois agora não se entendem mais. Desde que assumiu o clube, em janeiro deste ano, Falcão só acumula derrotas. Em sua gestão o time foi eliminado da Compa do Nordeste na segunda fase, da Copa do Brasil, na primeira e perdeu o campeonato baiano para o rival Bahia.

Mas foi o Atlético que chegou ao terceiro gol: em cobrança de falta, Rever cabeceou e ampliou.

O Vitória reagiu e com Dinei marcou o primeiro gol. O atacante, que voltou ao time após se recuperar de uma contusão no tornozelo, aos 19 minutos tocou por cobertura diante do goleiro Geovanni.

Insistiu e Willie, aos 45 minutos, deu esperanças do time chegar ao empate ao marcar o segundo gol. Mas o Atlético se sustentou até o apito final.

Notícias Relacionadas