Fundo do FGTS investe em estaleiro que dá prejuízo há 9 anos

Estaleiro Atlântico Sul
Estaleiro Atlântico Sul

Os conselheiros do Fundo de Investimento (FI) do FGTS aprovaram o aporte de R$ 400 milhões no Estaleiro Atlântico Sul, negócio controlado pela Camargo Corrêa e a Queiroz Galvão. O FI do FGTS é agora dono de 30% da empresa.

Segundo o jornalista Lauro Jardim, na coluna Radar On-Line, o estaleiro nunca saiu do vermelho desde que foi criado há quase nove anos.

Ele lembra que os conselheiros do fundo estão fazendo essa — e muitas outras — apostas de alto risco com dinheiro dos trabalhadores. Aliás, diz Jardim, no Congresso Nacional, dá-se como certo que o FI do FGTS é um escândalo pronto para eclodir.

Como se explica que um governo comandado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) use dinheiro dos trabalhadores para socorrer as empreiteiras proprietárias do estaleiro?

Notícias Relacionadas