Aldo Rebelo pode ser convocado pela Comissão de Educação

Agência Senado

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) vai cobrar do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, posição final sobre sua vinda ao colegiado para atender convite aprovado em fevereiro. O atraso na marcação da audiência foi abordado pelo presidente da CE, senador Cyro Miranda (PSDB-GO), ao fim da reunião desta terça-feira (29). Não está descartada a hipótese de aprovação de convocação, que torna a presença obrigatória, caso se prolongue a ausência de manifestação sobre a data.

— Não consigo entender que desde fevereiro o ministro não tenha encontrado uma hora e meia para vir aqui — comentou Cyro, após dizer que o ministro alega estar sempre em viagem para adiar a vinda.

Aldo foi convidado para falar sobre os planos e ações da pasta para o ano, inclusive as medidas relacionadas à realização da Copa do Mundo. Os ministros da Educação, José Henrique Paim, e da Cultura, Marta Suplicy, foram igualmente convidados e já compareceram. Cyro observou que a presença de Aldo é muito importante, especialmente diante dos atrasos na preparação do país para a Copa do Mundo.

— O Brasil está na marca do pênalti, literalmente — observou Cyro, salientando que a comissão está sendo impedida de debater as dificuldades e, assim, poder colaborar com eventuais soluções.

Questionado ao fim da reunião sobre se considera estabelecer prazo para receber uma resposta do ministro sobre a data da audiência, Cyro confirmou que vai esperar uma definição até o fim da primeira quinzena de maio. Não havendo solução, ele disse que logo em seguida tomará as providências necessárias para assegurar o comparecimento.

Notícias Relacionadas